Áreas Irregulares

De acordo com o SNIS, 35 milhões de brasileiros não têm acesso aos serviços de água tratada. Já metade da população não têm coleta de esgotos e apenas 40% dos esgotos coletados do País são tratados. A carência do saneamento básico atinge a todos, mas é certo que os maiores impactos estão nas famílias de baixa de renda, muitas delas residentes em locais denominados “aglomerados subnormais”, ou simplesmente áreas irregulares. Neste novo estudo, o Instituto Trata Brasil busca identificar os gargalos que impedem a chegada do saneamento nas áreas irregulares.

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br
Desenvolvido por Dmsnet