Desafios do Saneamento em metrópoles da Copa 2014 – Rio de Janeiro

Estudo realizado pela Fundação Getulio Vargas indica os avanços e as necessidades de expansão na rede coletora de esgoto da região metropolitana do Rio. Expansão contribui para a queda da mortalidade infantil e aumento da esperança de vida.

A primeira edição da pesquisa 'Desafios do Saneamento em Metrópoles da Copa 2014', com foco na região metropolitana do Rio de Janeiro, lançada pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), revelou um crescimento de 53% no número de domicílios com acesso à rede de esgoto na região metropolitana do Rio no período compreendido entre 2000-2010 (4,3% ao ano no período). De acordo com estimativas feitas com base nos dados preliminares do censo demográfico, o número de domicílios com acesso à rede de esgoto na região foi de 3,2 milhões em 2010.

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br
Desenvolvido por Dmsnet