Inicio
Imprensa
Notícias
Conselho de Saneamento se reúne e vai convocar agência reguladora da Casan em B. Velha

Conselho de Saneamento se reúne e vai convocar agência reguladora da Casan em B. Velha

Câmara de Vereadores de Barra Velha
13/06/2017
 

A agência reguladora que fiscaliza as ações da Casan e da Prefeitura de Barra Velha na gestão compartilhada da água e esgoto locais será chamada para uma reunião em conjunto com a estatal e o Poder Executivo, visando detalhar seus procedimentos à comunidade e também ao Poder Legislativo. O objetivo é avaliar como está o trabalho do setor na cidade, e cobrar mais transparência nestas ações. A convocação será feita pelo Conselho Municipal de Saneamento Básico e Drenagem, que reuniu-se nesta segunda-feira, dia 12 de junho, na Câmara de Vereadores, para debater uma ampla pauta de reivindicações.

A reunião contou com a presença do vereador Marcelo Nogaroli (PMDB), representando o Legislativo, além do presidente do Conselho, Cleber Souza, e dos vários integrantes desse colegiado, do presidente da Fundação do Meio Ambiente de Barra Velha (Fundema), Leandro Haupt, representantes da Associação de Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), do gestor de projetos da Casan, Luciano Boss, da educadora ambiental e ativista Cleo Veríssimo, do ambientalista Marcos Junghans e da servidora aposentada Karla Patitucci, além do coordenador da Defesa Civil, Elton Cunha, entre outros integrantes.

O conselho buscou deixar claro que quer mais definições e informações acerca dos rumos do projeto desaneamento local. A cidade vive um impasse – o prefeito Valter Zimmermann (DEM) já demonstrou que quer romper o contrato com a Casan; o Governo do Estado pressiona para que a estatal fique, e segundo o vereador Marcelo, é preciso de transparência de todos os setores públicos, para que a comunidade saiba os rumos que a cidade irá tomar – ou avaliar qual o melhor deles.

Na visão do grupo reunido na segunda-feira, se a Prefeitura diz que há problemas em relação à Casan, e se a Casan diz que a Prefeitura está sendo omissa, é hora de chamar a agência reguladora para apontar quem estaria certo ou errado. “Até agora, não ouvimos os três interessados no plano de saneamento juntos. Fala-se também que Aris tem sido omissa. Temos que reunir então Casan, Prefeitura e a agência ARIS”, sentencia Nogaroli. A convocação ainda não tem data para acontecer.

O encontro do Conselho também tratou de outros assuntos, como a implantação de um sistema séptico no Município; a ausência da Vigilância Sanitária nas reuniões do grupo, o plano de Macrodrenagem Pluvial que Barra Velha anunciado pela Prefeitura e que será desenvolvido pelo Poder Executivo a partir de empresa contratada, com apresentação prevista para dia 22 de junho, e as ações da Amvali.

Câmara de Vereadores

Assessoria de Comunicação

¦ Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 809

¦ Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP





Outras Notícias

Copyright 2013 - Instituto Trata Brasil - Todos os direitos reservados.