Curitiba

Curitiba, no Paraná, tem os melhores índices de coleta de esgoto e abastecimento de água dentre as capitais do país. Desde 2010, 100% de sua população tem atendimento de água.

Os indicadores de Curitiba melhoram ano após ano. O atual indicador de atendimento de total de esgoto é de 99,99%, além de tratar 92,93% dos esgotos.

  Indicador de atendimento total de água (%) Indicador de atendimento total de esgoto (%) Indicador de Esgoto Tratado por água consumida (%)
2013 100 99,10 88,44
2014 100 98,18 89,71
2015 99,99 100 91,26
2016 100 99,99 92,93

O INSTITUTO TRATA BRASIL ENTREVISTOU A COMPANHIA ESTADUAL DE SANEAMENTO BÁSICO DO PARANÁ, SANEPAR, RESPONSÁVEL PELOS SERVIÇOS NO MUNICÍPIO. LEIA NA ÍNTEGRA:

 

- Que esforços foram feitos na gestão do saneamento local que fez com que se chegasse a esta posição tão boa? O que você destacaria como os fatores mais importantes para esse avanço?

Planejamento e Gestão são palavras-chave para Curitiba

As decisões para expandir ou melhorar os sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário de Curitiba seguem as diretrizes apontadas nos Planos Diretores, revisados e atualizados a cada 10 anos para um horizonte de planejamento de 30 anos. Além dos aspectos técnicos, estes estudos também são orientadores das demandas de investimento, seus respectivos cronogramas e até o impacto na composição tarifária da empresa.

ÁGUA – A manutenção da universalização do abastecimento de água numa região que, por sua localização geográfica (nas cabeceiras do Rio Iguaçu), enfrenta a baixa disponibilidade hídrica exige a implantação de reservatórios (represas), que regularizam a vazão dos rios. A preservação das áreas de mananciais, atuais e futuros, exige atenção constante. Hoje são quatro represas, uma nova, a Barragem do Rio Miringuava já está em construção.

A Sanepar tem conseguido garantir a 100% da população abastecimenta com ótima qualidade e regularidade, aliando as ações que proporcionam disponibilidade crescente de água “in natura” e um processo de produção/distribuição que emprega as melhores tecnologias em termos de controle operacional para maximizar eficiência e detectar deficiências estruturais com antecedência adequada.

ESGOTO – Atualmente, a cidade de Curitiba possui um índice de cobertura com coleta de esgoto através da rede pública da Sanepar superior a 94%, sendo que o esgoto coletado é totalmente tratado nas cinco estações em operação, que atendem também alguns municípios conturbados, como forma de potencializar os resultados em termos de qualidade ambiental.

O índice atual representa quase que a universalização do serviço de coleta de esgoto, pois não estão atendidos apenas os imóveis que possuem dificuldades de ordem técnica (topográfica ou de acesso). O grande desafio que vem sendo enfrentado é o da busca da correta utilização deste serviço pela população.  Este trabalho vem sendo realizado com sucesso por meio de campanhas de educação ambiental e vistorias técnicas ambientais nas instalações internas dos imóveis, ações que contam com a importante e imprescindível parceria da Prefeitura de Curitiba.

Outra ação também de grande impacto e resultado é o do Programa de Despoluição de Rios Urbanos (PRRU), que consiste do monitoramento da qualidade da água dos rios de Curitiba com o objetivo de diagnosticar e corrigir problemas estruturais nas redes, coletores e interceptores do sistema de coleta.

- Quanto em investimentos foram feitos nos últimos 5 anos?

Os investimentos em água e esgoto entre os anos de 2013 e 2017 foram de R$ 591.927.251,26

Veja as fotos

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br