Ranking do Saneamento 2015

O novo Ranking do Saneamento nas 100 Maiores Cidades, feito pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a consultoria GO Associados, teve como base os números do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS ano 2013) traz a situação do acesso da população aos serviços de água tratada, coleta e tratamento de esgotos nas 100 maiores cidades do Brasil, onde vive 40% da população. O relatório mostra que os avanços continuam tímidos se pensarmos em atingir a universalização dos serviços em 20 anos (prazo do Plano Nacional de Saneamento Básico – 2014 a 2033).

Em relação à coleta dos esgotos, por exemplo, o estudo mostra que 48,6% da população recebia este serviço em 2013, ou seja, cerca de 100 milhões de brasileiros não tinham acesso. Apenas 39% dos esgotos foram tratados, o que significa que mais de 5 mil piscinas olímpicas de esgotos não tratados foram jogadas por dia na natureza naquele ano.

Além dos indicadores tradicionalmente divulgados, o estudo traz ainda uma série histórica dos avanços no país e nas capitais no período 2009 a 2013, bem como o volume de esgotos lançados na natureza pelas capitais em cada região.

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br