Saneamento é Turismo

  • Os dados do IBGE indicam que em 2015 havia 6,7 milhões de pessoas trabalhando no turismo;
  • Se houvesse saneamento básico adequado em todas as áreas urbanas do país poderiam ser quase 7 milhões de pessoas ocupadas no setor
  • Foram R$ 5,8 bilhões de renda do trabalho que deixou de ser gerada por conta da degradação ambiental de áreas por falta de saneamento básico
  • Foram R$ 3,6 bilhões de lucros e impostos que deixaram de ser arrecadados por conta da degradação ambiental de áreas por falta de saneamento básico
  • No Nordeste, perdeu-se R$ 2,6 bilhões de renda do turismo em 2015 pela falta de saneamento, o que representou 27,5% das perdas no turismo brasileiro como um todo.
  • Espera-se ganhos de renda do turismo devidos à universalização do saneamento atinjam em média R$ 1,2 bilhão por ano no período de 2015 a 2035
  • Em vinte anos, os ganhos com a valorização ambiental para o turismo brasileiro devem atingir R$ 24,5 bilhões

Fonte: Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento brasileiro 2017 - Instituto Trata Brasil

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br