Inicio
Estudos
Outros Estudos Trata Brasil
Saneamento em Áreas Irregulares no Estado de São Paulo

Saneamento em Áreas Irregulares no Estado de São Paulo

O Instituto Trata Brasil, no estudo “Saneamento em Áreas Irregulares no Estado de São Paulo”, procurou identificar a situação do saneamento básico, especialmente dos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento dos esgotos, nas áreas irregulares de 12 grandes municípios do Estado de São Paulo.

A falta de saneamento básico assola milhões de brasileiros, como aponta os últimos dados do SNIS 2013 (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico). Menos da metade dos brasileiros estão conectados às redes de coleta de esgotos e apenas 39% dos esgotos gerados são tratados. Além disso, há mais de 30 milhões sem acesso à água tratada. A carência do saneamento básico atinge a todos, mas é certo que os maiores impactos estão nas famílias de baixa de renda, muitas delas residentes em locais denominados “aglomerados subnormais”, ou simplesmente áreas irregulares.
Copyright 2013 - Instituto Trata Brasil - Todos os direitos reservados.