Trabalho

Home SaneamentoPrincipais estatísticasPrincipais áreas afetadas
  • Entre 2004 e 2016, o investimento em saneamento no Brasil passou de R$ 3,1 bilhões para R$ 11,4 bilhões¹.

  • Estima-se que, na média do período (2004 e 2016), as obras de saneamento básico sustentaram quase 69 mil empregos diretos por ano na construção civil¹.

  • Os investimentos em saneamento sustentaram 142 mil empregos por ano no país e geraram R$ 13,6 bilhões por ano de renda na economia brasileira entre 2004 e 2016¹.

  • Para cada R$ 1,00 investido em obras de saneamento, gera uma renda de R$ 1,22 na economia¹.

  • Trabalhadores que reside em moradias sem acesso ao saneamento básico recebem 52,4% a menos que aqueles que vivem em residências com acesso ao saneamento¹.

  • A universalização do saneamento básico terá efeitos sobre a produtividade do trabalho: de 2016 a 2036, espera-se um ganho de renda de R$ R$ 190,3 bilhões, o que equivale a um ganho anual de R$ 9,5 bilhões¹.

  • Em 2017, houve 17.633.590 afastamentos do trabalho por diarreia ou vômito no Brasil².

Fonte 1: Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento brasileiro 2018 - Instituto Trata Brasil
Fonte 2:
Painel Saneamento Brasil – Instituto Trata Brasil

 

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br
Desenvolvido por DMSNet