Santos

Santos, situado no litoral sul de São Paulo, é um dos maiores municípios brasileiros que apresentam dados de saneamento satisfatórios por anos. Desde o início da elaboração do Ranking do Instituto Trata Brasil, em 2009, a cidade do litoral paulista figura nas primeiras posições. Nas primeiras edições, Santos chegou a estar na 1ª colocação; hoje a cidade repete o feito após seis aos consecutivos com Franca na liderança.

Santos abastece 100% da população com água tratada, 99,93% têm acesso à coleta de esgoto e 97,64% do volume de esgoto é tratado.

Outro indicador que merece destaque são as perdas de água na distribuição. No ranking atual, 14,28% da água é perdida.

  Indicador de atendimento total de água (%) Indicador de atendimento total de esgoto (%) Indicador de Esgoto Tratado por água consumida (%)
2014 100 98,54 97,60
2015 100 99,88 97,60
2016 99,99 99,88 97,63
2017 100 99,93 97,64
2018 100 99,93 97,64

 

O INSTITUTO TRATA BRASIL ENTREVISTOU A COMPANHIA ESTADUAL DE SANEAMENTO BÁSICO, SABESP, RESPONSÁVEL PELOS SERVIÇOS NO MUNICÍPIO. LEIA NA ÍNTEGRA:

Que esforços foram feitos na gestão do saneamento local que fez com que se chegasse a esta posição tão boa? 

A Sabesp investiu, nos últimos 10 anos, cerca de R$ 490 milhões em melhorias e expansões dos sistemas água e esgoto de Santos, fazendo com que a cidade alcançasse padrão europeu de saneamento. Atualmente, o município é um dos poucos no país que atingiu a universalização destes serviços (100% de fornecimento de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos).

Neste mesmo período, os investimentos na ampliação do acesso às redes de esgotos na Baixada Santista ultrapassaram os R$ 2 bilhões, em redes coletoras, estações de bombeamento e sistemas de tratamento que recebem os dejetos coletados nas moradias e devolvem o efluente em plenas condições de retornar ao meio ambiente, contribuindo na despoluição de rios e praias da região.

Quanto em investimentos foram feitos nos últimos 5 anos?

Foram investidos cerca de R$ 69 milhões.

O que você destacaria como os fatores mais importantes para esse avanço?

A cidade de Santos possui longa história na área de saneamento, pois foi alvo de importantes obras do Patrono da Engenharia Sanitária Nacional, Saturnino de Brito, desde o início do século XX. Desta forma, destacam-se a vontade política, as necessidades e exigências dos moradores, além da preocupação da Sabesp em levar mais qualidade de vida à população.

Entendemos que obras de saneamento influenciam positivamente na saúde pública, pois se estima que a cada R$ 1 investido em saneamento outros R$ 4 são economizados em saúde; no meio ambiente, com a preservação de rios e praias; e até mesmo na economia de cidades como Santos, que possui grande potencial turístico.

Veja as fotos

(11) 3021-3143
tratabrasil@tratabrasil.org.br
Desenvolvido por DMSNet