Inicio
Imprensa
Notícias
Zona Norte está com 70% da rede de esgotamento implantada

Zona Norte está com 70% da rede de esgotamento implantada

Revista TAE - Tratamento de água e efluentes
19/04/2017
 

Iranilton Marcolino - ACS Caern

CAERN/ASSECOM

Obras de implantação de redes estão perto da conclusão

A Zona Norte de Natal já está com 70,42% do trabalho de implantação de redes de esgotamento sanitário concluído pelo Governo do Estado, através Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Lá está a parte da cidade que tem menor cobertura do serviço (3%), sendo, portanto, a área que mais vai ser beneficiada com a conclusão do maior programa de saneamento básico que a capital potiguar já recebeu, com cobertura de 100%.

O trabalho de implantação de redes na Zona Norte vem sendo executado por duas construtoras, a A. Gaspar e a Ecocil, contratadas por meio de licitação. Até o dia 9 de abril, 423,07 quilômetros de rede já haviam sido instalados, além de 47.783 ramais. Segundo o chefe do Grupo de Acompanhamento de Obras (GAO), engenheiro Paulo Vieira Cunha, duas das 14 estações elevatórias previstas também já estão prontas, sendo que uma delas, localizada no conjunto Santarém, será a maior do sistema na Zona Norte.

Na Zona Sul (que abrange também as obras dos bairros das Zonas Leste e Oeste), foram implantados 137,46 quilômetros de rede, o que representa 47,61 do total previsto. Em toda a capital, foram assim 560,53 quilômetros de tubulação instaladas, o que equivale a 63% do total.

Além disso, também estão sendo executadas as obras para implantação das Estações de Tratamento deEsgotos, que estão sendo construídas em módulos. Ao final das obras, Natal contará com quatro Estações de Tratamento de Esgotos, possibilitando a cobertura total de esgotamento sanitário na cidade (ETE Guarapes, ETE Jaguaribe, ETE Baldo e ETE Redinha). É importante destacar que somente quando as ETEs estiverem prontas é que a rede pode funcionar e os usuários podem fazer as interligações de seus imóveis ao sistema.

O investimento total da obra é R$504 milhões, com recursos do Governo Federal, Governo do Estado e Caern.





Outras Notícias

Copyright 2013 - Instituto Trata Brasil - Todos os direitos reservados.