Logo Trata Brasil
Search

Perdas de Água 2024

O Instituto Trata Brasil (ITB), organização da sociedade civil que busca a universalização do saneamento no país, em parceria com a consultoria GO Associados, publica o “Estudo de Perdas de Água 2024 (SNIS, 2022): Desafios na Eficiência do Saneamento Básico no Brasil”, que busca expor o grande problema econômico e social da ineficiência no controle de perdas de água em nosso país. O estudo foi elaborado a partir de dados públicos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, ano-base 2022) e compreende uma análise do Brasil, de suas cinco macrorregiões, das 27 Unidades da Federação e dos 100 municípios mais populosos do país (incluindo as capitais dos estados), que figuraram no Ranking do Saneamento de 2024. Saiba mais no estudo completo.
O Instituto Trata Brasil, em parceria com a EX Ante Consultoria, divulga o estudo “Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento no Paraná”, que tem como objetivo apresentar os principais ganhos que o estado teria com a universalização dos serviços de água e esgotamento sanitário. Leia o estudo.
O Instituto Trata Brasil, em parceria com GO Associados, apresenta a 15ª edição do Ranking do Saneamento com o foco nos 100 maiores municípios do Brasil.
O Marco Legal do Saneamento Básico no Brasil (Lei 14.026/2020) estabelece que até 2033, 99% da população deverá ser atendida com serviços de água tratada e ao menos 90% do esgoto deverá ser coletado e tratado. Contudo, para que isso aconteça, o Instituto Trata Brasil acredita que a sociedade civil tem um papel fundamental a cumprir. É neste contexto que surge o Guia do Saneamento, material que reúne oito capítulos e tem por objetivo apresentar ao leitor um panorama sobre o saneamento básico no Brasil.
O Instituto Trata Brasil, em parceria com a EX ANTE Consultoria Econômica, lança o estudo “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Pará”, com objetivo de apresentar os diversos ganhos socioeconômicos que o estado teria com a universalização do saneamento básico.
O saneamento básico é um agente transformador nas mais diversas esferas de um país. A universalização do acesso à água e dos serviços de coleta ...
O saneamento básico é um agente transformador nas mais diversas esferas de um país. A universalização do acesso à água e dos serviços de coleta e tratamento do esgoto para a população pode gerar incontáveis ganhos para a qualidade de vida da população. É neste contexto que o Instituto Trata Brasil, em parceria com a EX Ante Consultoria, publica o estudo “Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento no Ceará”, que avalia os ganhos socioeconômicos a partir do acesso pleno aos serviços básicos no estado cearense. Leia o estudo completo nos links ao lado.
O estudo traça o perfil socioeconômico e demográfico da população brasileira que sofre com privações nos serviços de saneamento básico, utilizando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continuada Anual (PNADCA), produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2013 e 2022.
Garantir a disponibilidade de recursos hídricos de qualidade a todos os interessados constitui um dos principais desafios para as sociedades atuais, na medida em que, tratada usualmente no passado como um bem infinito, a água é um dos recursos naturais que mais tem sido afetado pelas intervenções humanas no meio ambiente e pelas mudanças do clima. Confira o estudo completo ao lado.
Em busca de apontar os benefícios socioeconômicos a partir do acesso pleno do saneamento básico, o Instituto Trata Brasil, em parceria com a EX Ante Consultoria Econômica, lança o estudo “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento em Espírito Santo”, mostrando um balanço para o legado do estado. Confira o estudo completo.

Receba nossa newsletter.

Cadastre-se para receber notícias e estatísticas atualizadas sobre o saneamento básico no Brasil